Álbum: Estamparia e personalidade

Este álbum lindo chegou na semana passada e não resisti. Tive que fotografar!

Quando vi o convite dos noivos, desenvolvido pela Susana Fujita, tive a idéia de transferir a mesma estampa para o álbum.

Sempre que possível, proponho manter a mesma identidade visual desenvolvida para o casamento, transpondo essa identidade para o álbum e assim criando uma memória física e tangível de tudo aquilo que foi sonhado e planejado para o grande dia. Cada álbum é único!

Transferimos então a estampa do convite para a capa, que é um tipo de canvas, através de impressão de alta resolução.

A caixa do álbum foi feita em couro azul marinho legítimo, com o monograma dos noivos em baixo relevo.



Casamento: Juliana e Rafael

Um dia de vento. Passou voando.

Foi essa a sensação que a Jú me contou que ficou do seu casamento: a de que passou tudo voando.

E passa mesmo, Jú! Chega a ser um clichê eu dizer isso. Eu me casei há dez anos e ainda me lembro da sensação de que eu não aproveitei nada da festa. Me lembro dos convidados vindo se despedir de mim e eu pensando “mas já???”. Cheguei a pensar que algo estivesse dando errado, que a comida tivesse acabado, sei lá. Mas não, estava tudo certo. É que os noivos realmente ficam tão cheios de adrenalina, na maioria dos casos, que não percebem o tempo passar. 

A gente quer abraçar todo mundo, quer dançar, QUER COMER (rs), quer poder parar por dois minutinhos para apenas apreciar todo o seu casamento. Mas não, a noiva não tem dois minutinhos. O tempo passa voando.

Voando como o véu da Jú que, para minha alegria, insistia em ficar dançando no ar durante a sua cerimônia. 

Que vento forte naquele dia. Que cerimônia mais linda de se ver. 

Local: Fazenda Santa Gertrudes


Casamento: Fernanda e Fernando

Tem pessoas que a gente gosta de graça. Já ouviu essa expressão?

Pois é, eu gostei dos Fês de graça. Foi uma empatia imediata e eu estava ansiosa para que o casamento deles chegasse. Depois da primeira reunião, também nos vimos no dia do ensaio fotográfico e também durante um dos workshops de fotografia que eu ministrei (a Fer bem que tinha me contado na primeira visita que amava fotografia).

Os dois são cardiologistas e se conheceram na faculdade, mas durante todos os anos do curso não tiveram contato. Por “coincidência” foram trabalhar no mesmo hospital e um dia ele a convidou para tomar um café. Eita cafezinho promissor. rs

Eu sabia que o casamento dos dois seria especial, mas não imaginava o quanto. Editei as fotos sorrindo e mal esperava pela hora de publicar as imagens.

A noiva se arrumou no apartamento de sua mãe e, enquanto eu fotografava o vestido, ela ficava ali no cantinho, namorando o bendito. Quando você vê que a noiva está feliz e segura com as suas escolhas, isso já é um bom prenúncio. rs

Por falar em bom prenúncio, quando me falam que o casamento é judaico, eu já espero logo uma festa animada e essa não me decepcionou nem um pouco. Vai ter mosh? Me chama? Vai ter noiva fazendo air karaoke? Me chama? Vai ter beijo e agarração? Me chama também!

Ao fim da festa os noivos quiseram fazer algumas fotos na cobertura do Hotel Unique. Quem fez os cliques foi meu esposo e sócio, Daniel Poletto.



Álbum: Amor em azul tiffany

Como é gostoso ver nosso trabalho finalizado e impresso em um lindo álbum!

Parei por cinco minutinhos as edições aqui para mostrar pra vocês a capa deste álbum e deste mini álbum, feita em couro legítimo azul tiffany (ou seria verde?!) rs.


Álbum: Álbum de casamento em linho marsala

Estou muito apegada a este álbum lindo!

Já que a noiva não conseguiu escolher poucas fotos, fizemos dois volumes de álbum. O acabamento foi feito em linho na cor marsala, com aplicação do monograma dos noivos (o mesmo usado em toda a papelaria do casamento) em hotstamp dourado.


Fotos: Rejane Wolff e Daniel Poletto. Diagramação: Daniel Poletto. Encadernação: Fernanda Tuenze.

Using Format